01 10 / 2014

Halley: Voce tem que aprender a andar: Voce tem que aprender a falar: Voce tem que usar aquele chapéu totalmente ridículo que a sua avó comprou para voce. Sua opinião não conta. E quando voce cresce um pouco, mesmo que possa escolher os seus chapéus, voce não pode escolher quando se apaixonar. Algumas coisas acontecem e voce apenas tem que aceita-las. 

- Meu novo amor

01 10 / 2014

Eu quero sair dessa situação, dessa rotina e dessa vida de aparências 

25 9 / 2014

24 9 / 2014

23 9 / 2014

Todo mundo está careca de saber que o amor é justamente como aquele clichê do jardim: se a gente não rega, ele padece mesmo! Sem dó, nem piedade. E quando não morre de vez fica monótono, sem sal, apático, quase um comodismo em uma relação que deveria ser recheada de pequenas alegrias, sim, todos os dias. Essa lista é para você que está precisando dar uma renovada no relacionamento ou que simplesmente deseja aproximar-se cada dia mais daquela (e) que você escolheu para chamar de sua. Porque amor é presente diário e não merece ser lembrado apenas nas datas especiais. Quer reconquistar o seu amor, olha que bacana as nossas dicas:

1. Saiba ouvir quando o relacionamento tem algo a dizer. Nada é mais apaixonante do que alguém que se mostra disposto a partilhar também os momentos de tensão.

2. Todo mundo gosta de encontrar um bilhetinho carinhoso no espelho do banheiro, na carteira, dentro do caderno da faculdade, ou escondido no bolso da calça. Faz bem para o dia de qualquer pessoa e para a alma também.

3. Chegou mais cedo do trabalho? Surpreenda-o! Um jantar que ele (a) adora, uma lingerie nova, uma sessão de cinema já preparada, tudo de bom grado é válido e muito bem recebido.

4. Cultive o silêncio. Poucas coisas preservam tanto uma relação quanto saber a hora certa de falar e de ouvir.

5. Dê ao outro o famoso “vale night”. Tempo de qualidade com os amigos é essencial para arejar as ideias e voltar para casa ainda mais cheio de amor pela pessoa que escolheu.

6. Guarde o ciúme num potinho. Se não existe confiança nem tente manter uma parceria. Não existe nada mais cansativo do que alguém que vigia milimetricamente todos os seus passos.

7. Seja independente. Tenha uma vida individual, resolva seus problemas, troque seu próprio pneu. Fragilidade é sim cativante, mas tudo que é demais vira digno de piedade.

8. Para quem acha que elogio é coisa de gente mimada está muito enganado. Reparar no corte novo da barba, no esmalte diferente, na roupa que ambos prepararam para sair um com o outro é dizer “ei, estou, de fato, prestando atenção em você!”.

9. O item 8 serve também para pequenos mimos. Um mero chocolate que você compra do cara no sinal e leva para casa no fim do dia já demonstra cuidado, carinho e atenção.

10. Mostre interesse. Pelo futebol dele, a dança dela, o trabalho, o decorrer do dia, o pilates, o campeonato de cerveja, por tudo que seja minimamente importante para o outro.

11. Saia da mesmice. Faça um convite inusitado numa quarta à noite para um chope, um cinema, um motel, uma caminhada na orla, um sorvete, um fast-food. Qualquer coisa que tire da rotina um dia que tinha de tudo para ser convencional.

12. Pague micos. Isso mesmo, manter acesa a chama da paixão, principalmente depois de anos de relacionamento não é nada fácil. Então inove, vista aquela fantasia que ele sempre quis e você nunca teve coragem, faça uma dança sensual (viu homens?!), utilizem “brinquedinhos” novos, visitem um sex shop, descubram juntos que a intimidade é, acima de tudo, bastante divertida.

13. Não precisa entender, mas respeite a TPM (ponto).

14. Na saúde e na doença, cuide! Seu amor acordou gripado, indisposto, com cólicas, enxaquecas, mal-estar e você infelizmente não pode sair do trabalho?! Peça à farmácia para entregar um combo de remédios, chocolates, pílulas, chás e tudo mais que possa tornar o dia do outro menos desgastante.

15. Faça regularmente, algo para o outro que você sabe que ele odeia fazer. Lavar a louça, passar a roupa, estender a cama, calibrar os pneus do carro, fazer as compras do mês e por aí vai.

16. Faça algo COM o outro que você sabe que ele quer muito fazer, mas você está resistente. Ir a um jogo de futebol, um recital de ballet, uma corrida de kart ou um barzinho alternativo. Na vida e no amor, se não existe flexibilidade, não existe constância.

17. Beije. Sempre, muito, em toda e qualquer oportunidade. A tendência de casais antigos é perder esse hábito, que é uma das principais razões do outro virar mais um amigo do que um amante (isto vale também para o sexo!).

18. Viajem sempre que possível. Todo o processo de programação, escolha do lugar, economia de dinheiro, preparativos para a saída, para então, finalmente, a descoberta de uma realidade nova, aproxima significativamente os olhares das pessoas.

19. Façam planos em conjunto. Que sejam para daqui 2 meses, que sejam para daqui 30 anos. Uma das bases de uma união estável é justamente saber que vocês estão olhando juntos para uma mesma direção de vida, de cumplicidade e de amor.

20. E por último, e não menos importante: diga que ama, sempre, muito, todos os dias, todas as horas, todos os minutos. A vida é inconstante demais para se esperar pelos próximos segundos. Um “eu te amo” dito na hora certa aparta uma briga, impede uma ruptura, reaproxima sentimentos e coloca fim até nas maiores guerras da humanidade. Falar é muito bom, mas ouvir isso da pessoa que a gente gosta é melhor ainda.

- Danielle Daian

22 9 / 2014

'Cozinha Prtica' - Rita Lobo - Episdio 08 - Pudim de claras com baba de moa (Foto: Editora Panelinha/ Charles Naseh)(Foto: Editora Panelinha/ Charles Naseh)



Rendimento: 8 porções
Tempo de preparo: 1h40
Nível de dificuldade: médio


Para fazer a calda
Ingredientes:
¾ de xícara (chá) de açúcar
¼ de xícara (chá) de água

Modo de preparo:
Preaqueca o forno a 150ºC (temperatura baixa).

Numa tigela, dissolva a água com o açúcar. Transfira para uma forma de pudim grande (com furo no meio), com cerca de 24cm de diâmetro.

Leve a forma diretamente ao fogo baixo e deixe a calda cozinhar, sem mexer, até que ela engrosse e fique com uma coloração levemente dourada - leva cerca de oito minutos.

Segure a forma com um pano de prato para não se queimar e vá girando para caramelizar a base e as laterais.

Ovos nevados com creme inglês e praliné: veja a receita de Rachel Khoo

Para fazer o pudim
Ingredientes:
10 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
1 pitada de sal

Modo de preparo:
Separe as claras das gemas: bata o ovo contra a bancada, separe uma metade da casca da outra, mantendo a gema em uma delas. Deixe a clara escorrer em uma tigelinha. Transfira a clara para a vasilha da batedeira e separe a gema em outro recipiente. Repita o procedimento com todos os ovos.

Use sempre uma tigelinha para escorrer as claras uma a uma, antes de adicionar aos outros ingredientes. Assim, caso um ovo não esteja bom, você não perde tudo o que já colocou na tigela da batedeira.

As gemas reservadas podem ser usadas no preparo da baba de moça. Guarde na geladeira.

Bata as claras na velocidade baixa da batedeira com uma pitada de sal. Quando começarem a espumar, aumente a velocidade e continue batendo até ficarem em ponto de neve firme, formando picos durinhos - cerca de dez a 15 minutos.

Neste ponto, acrescente o açúcar aos poucos, sem desligar a batedeira. Bata por mais dez minutos, até formar um merengue firme.

Leve uma chaleira com um pouco de água para ferver. Ela será usada para fazer um banho-maria para assar o pudim.

Com uma colher de sopa, transfira as claras para a forma que você já caramelizou: espalhe uma camada, alise com as costas da colher e dê umas batidinhas na bancada para que se acomodem - desta forma, o pudim fica mais uniforme e não corre risco de ficar com buracos.

Coloque a forma em uma assadeira retangular e leve ao forno. Regue a assadeira com água fervente para formar o banho-maria. Deixe assar por uma hora ou até que o pudim fique bronzeado e estruturado. Ele vai crescer bastante, mas quando sair do forno, voltará à altura original.

Clássico pudim inglês: aprenda a fazer com Jamie Oliver

Retire do forno e aguarde cinco minutos antes de virar. Coloque um pano de prato sob a fôrma para não se queimar. Passe uma faquinha de ponta redonda na lateral, apenas para soltar a beiradinha que costuma grudar na forma. Coloque um prato de bolo com borda alta (para conter a calda) sobre a forma e vire de uma vez, o mais rápido o possível - porque a calda vai escorrer.

Quando esfriar, leve à geladeira.


Para fazer a baba de moça
Ingredientes:
10 gemas
1 de xícara (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de água
1 garrafa pequena de leite de coco (200ml)

Modo de preparo:
Passe as gemas pela peneira, pressionando com as costas de uma colher. Descarte a película que ficou na peneira e reserve as gemas na tigela.

Numa panela pequena, dissolva a água com o açúcar, misturando com o dedo indicador (pode fazer assim que dá certo!). Leve ao fogo alto e deixe cozinhar, sem mexer, durante cerca de 20 minutos, até que a calda atinja o ponto de fio (mergulhe e levante a colher: se formar um fio fino entre as gotas, está pronta).

Como fazer ovos moles de aveiro à portuguesa

Desligue o fogo e deixe esfriar por cinco minutos.

Misture o leite de coco. Junte as gemas, misture bem e volte a panela ao fogo baixo. Cozinhe sem parar de mexer, com uma espátula de silicone ou colher de pau, por oito minutos ou até engrossar um pouco.

Atenção: durante este processo, caso o creme comece a grudar no fundo da panela, retire do fogo, mexa vigorosamente para resfriar e volte a panela ao fogo. Repita quantas vezes for necessário para evitar a formação de grumos. Lembre-se de que, ao esfriar, o creme engrossa bastante - ele deve sair do fogo com uma consistência de mingau.

Transfira a baba de moça para uma tigela e cubra com um filme, deixando-o em contato com o creme - isto evita a formação de uma película endurecida. Deixe na geladeira até a hora de servir.

- gnt

19 9 / 2014

Deixar a farinha de tapioca de molho por 1 hora no leite de coco.
Bater 5 ovos na batadeira, com um 1 colher de sopa da manteiga, bater bem. apos acrescentar a farinha de tapioca que estava de molho no leite de coco, bate, acrescenta o leite condensado, a mesma medida de creme de leite e bate.
Caramelizar a forma, 2 xicaras de açucar e 1 de agua. Depois colocar o pudim dentro na forma e assar em banho maria.
Sugestão. Servir com calda de goiaba.
Goiabada pronta coloca no fogo com 1/4 de agua ou 1/4 de leite
e depois serve junto.

1 xicara e meia de chá de farinha tapioca
1 lata pequena de leite
1 colher de sopa de manteiga
5 ovos inteiros
1 lata de leite condensado
a mesma medida de creme de leite
Calda:
1 xicara de chá de agua
2 xicaras de chá de açucar
Calda de goiaba:
250 de goiabada
1/4 de xicara de agua ou leite

18 9 / 2014

16 9 / 2014

Quando voce ama alguém pequenas estrelas saem de voce.

Karem, 7 anos

16 9 / 2014

Zélia Duncan - Milágrimas


Em caso de dor, ponha gelo
Mude o corte do cabelo
Mude como modelo
Vá ao cinema, dê um sorriso
Ainda que amarelo
Esqueça seu cotovelo
Se amargo for já ter sido
Troque já este vestido
Troque o padrão do tecido
Saia do sério, deixe os critérios
Siga todos os sentidos
Faça fazer sentido
A cada milágrimas sai um milagre
Em caso de tristeza vire a mesa
Coma só a sobremesa
Coma somente a cereja
Jogue para cima, faça cena
Cante as rimas de um poema
Sofra apenas, viva apenas
Sendo só fissura, ou loucura
Quem sabe casando cura
Ninguém sabe o que procura
Faça uma novena, reze um terço
Caia fora do contexto, invente seu endereço
A cada milágrimas sai um milagre
Mas se apesar de banal
Chorar for inevitável
Sinta o gosto do sal
Sinta o gosto do sal
Gota a gota, uma a uma
Duas, três, dez, cem mil lágrimas, sinta o milagre
A cada milágrimas sai um milagre

(Fonte: youtube.com)